Companhia das Letras

SERENATA

Comprar livro
R$ 52,90
Publicado pela primeira vez em 1937, este romance, de um dos mestres da literatura policial americana, conta a história do mirabolante caso de amor entre um cantor de ópera e uma prostituta mexicana.
James Cain faz parte da fase áurea da literatura policial americana, ao lado de Raymond Chandler e Dashiell Hammett. A exemplo do que aconteceu com esses dois autores, o trabalho de Cain extrapolou o gênero noire firmou-se no panorama mais amplo da grande literatura moderna dos Estados Unidos. Serenata é um exemplo por excelência dessa amplitude, a começar do estilo marcado por um fraseado minimalista, diálogos vívidos e descrições econômicas. A história é narrada em primeira pessoa por John Howard Sharp, cantor de ópera americano que se apaixona por Juana, uma prostituta mexicana. Os primeiros capítulos passados no México colocam em cena um artista em franca decadência, a destilar seus preconceitos ianques contra a cultura local, com uma virulência que a atual sensibilidade politicamente correta teria dificuldade em assimilar. Tais preconceitos, porém, logo mostram sua função estrutural na trama ao estabelecer forte contraponto emocional com a eclosão da súbita e tórrida paixão entre o americano branco e a bela prostituta de ascendência indígena. Mas as coisas começam a se complicar seriamente quando o cantor frustrado resolve levar sua amada para os Estados Unidos, onde retoma sua carreira artística, atingindo fama meteórica nos palcos e no cinema. É só aí que surge o primeiro cadáver nesse thriller poderoso.
Comprar livro
R$ 52,90
Mistério
Sexo
Thriller
Violência

Sobre o autor

|

Sugestões de leitura